Conheça o inovador esquema de trabalho

EPMjobs-Procura-o-emprego-que-amas

Trabalhar 4 dias e ter fins-de-semana de três dias aumenta a  produtividade dos trabalhadores, quem diz são os especialistas.

menos trabalho mais produtividade

Algumas empresas já adoptaram este esquema de trabalho que procura o equilíbrio entre o trabalho e o descanso. Uma semana de trabalho de quatro dias e fim de semana de três dias.

Aliás, um estudo australiano também afirma que os trabalhadores com mais de 40 anos só devem trabalhar três dias por semana.

“trabalhar menos para produzir mais“ é o novo lema.

Exemplos

Em Portugal, por exemplo, as 35 horas estão de volta para a função pública. E na Suécia começou a testar-se a semana laboral de 30 horas.

Existem soluções alternativas à redução dos dias de trabalho que não implicam necessariamente menos horas laborais. Como por exemplo, em 2008, durante a crise financeira nos EUA, o estado do Utah implementou temporariamente o regime de “4 dias, 40 horas”. Resultado, dois terços dos funcionários públicos norte-americanos que aderiram à medida declararam ser mais produtivos, o que  na prática representou mais poupanças para o Estado. Foram pagas menos horas extra e os custos relacionados com o absentismo também desceram. Devido a divergências políticas, e apesar destes espantosos resultados, a medida foi retirada em 2011.

Startups

Algumas startups já instituíram o fim de semana de três dias como norma, recusando a crença de que existe uma relação causal entre produtividade e horas passadas no local de trabalho.

Ryan Carson, o presidente do conselho de administração da startup Treehouse (um serviço online que ensina web design e programação) aplicou esta política de trabalho a todos os seus funcionários, e a si próprio. 

A Basecamp, empresa de programação de aplicações, implementou a semana de 32 horas, que devem ser idealmente distribuídas por quatro dias de trabalho.

“Quando as pessoas têm uma semana de trabalho mais comprimida, tendem a focar-se no mais importante. A restrição em termos de tempo encoraja tempo de maior qualidade” – Presidente da Basecamp, Jason Fried

Benefícios

O site Science of Us indica os principais benefícios do fim-de-semana prolongado.

1.Melhora a saúde

Mais trabalho, menos saúde. É essa a conclusão de um estudo publicado na revista médica The Lancet  que refere que longos horários laborais aumentam o risco de ataques cardíacos e tromboses.

2.Dormir mais e um tempo de sono de melhor qualidade.

Mais tempo para descansar  permite uma melhor recuperação emocionalmente do stress laboral contribuindo, desta forma, par um  melhor ambiente de trabalho. O cansaço acumulado provoca  irritabilidade e má disposição também no local de trabalho. Trabalhadores felizes é sinónimo de trabalhadores mais produtivos.

3. Maior produtividade.

É um facto que quem trabalha menos horas produz mais. Muitas horas de trabalho numa empresa, pode acabar por ser uma desvantagem para a empresa, diz Sarah Green Carmichael num artigo da Harvard Business Review.

“Muitas investigações sugerem que, independentemente das nossas razões para trabalhar durante longas horas, o excesso de trabalho não nos ajuda. Para começar, não parecem resultar em mais produtividade” -arah Green Carmichael

Fonte

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *