Espacinho pequenino, crónica por Rita Damásio

Existe escondido em nós um espacinho pequenino onde cabe toda a felicidade do mundo. Muitos de vós devem estar a pensar que é o coração. Eu penso nele como algo menos definido, mas que preenche um espaço bem maior. É qualquer coisa que parece estar escondida cá dentro e que tem a capacidade de nos envolver por inteiro. Capaz de dominar o nosso estado de espírito e a nossa vontade.

Mas o conteúdo desse espacinho altera-se. A nossa vida sofre mudanças e nós também. Por vezes, temos alguma dificuldade em encará-las. Questiono-me, tantas vezes, sobre como estas transformações acontecem e como se dá a substituição do conteúdo por um diferente. Parece lógico que o seu desaparecimento e o aparecimento de outro seja um processo gradual.

Isto implica pois que em determinado momento os dois conteúdos se “cruzem” e partilhem esse espaço. Durante esse encontro podes sentir que atraiçoas um deles, atraiçoas os dois, ou pior ainda, te atraiçoas!

Não sei se cada um de nós o escolhe ou se se deixa ser escolhido.

Enquanto procuras respostas és envolvido pelas emoções de novas e velhas mudanças que se atropelam entre si. Até ao momento em que uma engole a outra ou ambas em paz se misturam.

Devia existir uma fórmula mágica para sabermos o que devemos ou queremos expulsar desse espacinho pequenino, onde cabe toda a felicidade do mundo!

Apesar de todas as dúvidas uma coisa é certa. Só é insubstituível aquele que faz por não ser esquecido.

Rita_damasio-_espacinho_pequenino

[wc_highlight color="blue"][/wc_highlight]

Um mundo de emoções, sensações e interpretações. Todas as Terças-feiras à noite uma nova crónica por Rita Damásio. Encontre-as aqui

One thought on “Espacinho pequenino, crónica por Rita Damásio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *