Vai à Loja do Cidadão? Já pode esperar a sua vez no café

Pode ver qual é a Loja do Cidadão mais perto, tirar uma senha digital, ver quanto tempo falta para a sua vez, que documentos necessita e quanto vai pagar.

nova aplicação da loja do cidadão

Que nunca esperou horas para fazer o cartão do cidadão? Quem nunca tirou uma senha com 40 pessoas à frente? Quem nunca perdeu uma manhã inteira de trabalho para tratar do IRS?

Desta vez as notícias são boas. O Estado decidiu, finalmente, facilitar-nos a vida.

A aplicação para o telemóvel de que falamos chama-se Mapa do Cidadão e foi desenvolvida de forma a facilitar as idas à Loja do Cidadão. Pode ser instalada em qualquer smartphone pois encontra-se na versão Android e também iOS.

Esta app permite escolher qualquer serviço público, ver qual a Loja do Cidadão mais perto ou qual lhe dá mais jeito, tirar uma senha digital que fica guardada no telemóvel, verificar quantas pessoas tem à sua frente e saber o tempo de espera estimado para ser atendido, em tempo real.

Desta forma pode esperar descansado pela sua vez no café, em casa ou no trabalho e dirigir-se ao local apenas quando estiver quase a sua vez.

Vantagens

  • Tirar senha sem sair do sítio. Pode fazê-lo em qualquer local e sem ter de imprimi-la, apenas tem de mostrá-la no telemóvel quando for atendido;
  • Melhor gestão do tempo de espera. Sabe quanto tempo demora a sua vez por isso pode optar por esperar noutro sítio ou entretanto tratar de outros assuntos;
  • Localização da Loja do Cidadão mais próxima. Não só indica-lhe qual é a loja do Cidadão mais perto e que tem o serviço que pretende, assim como leva-o até à morada através de coordenadas GPS;
  • Documentação necessária. Informa-se à priori sobre os documentos que precisa de levar, evitando esquecer-se de algum e ter de lá voltar noutro dia;
  • Preço do serviço. Sabe antecipadamente quanto lhe vai custar o serviço ou assunto que vai tratar.

Para saber mais informações sobre esta aplicação, nomeadamente como pode ser útil e como instalá-la veja AQUI no site do Mapa do Cidadão ou clique na imagem no início deste artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *